Você deve possuir Flash 9 ou superior para visualizar este item!

Get Adobe Flash player


Partido Progressista SP

Paulo Maluf defende moralização no PP e que denúncias sejam apuradas



O deputado federal Paulo Maluf - Marcos Alves / Arquivo O Globo

SÃO PAULO - Condenado por improbidade administrativa, acusado de lavagem de dinheiro e procurado internacionalmente pela Interpol por apropriação indébita de dinheiro, o deputado Paulo Maluf (PP-SP) defende que seu partido sofra uma reformulação moral. Ele acha que o atual presidente nacional do partido, senador Ciro Nogueira (PI), deixe o cargo na eleição marcada para abril. O senador é um dos 30 parlamentares do PP que estão na lista das pessoas que serão investigadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por desvio de recursos na Petrobras.

— Ciro Nogueira não tem condição moral para ser reeleito presidente do PP. Ele tem que ser afastado da direção do partido. Eu não quero o cargo. Já fui presidente do partido por 20 anos. Carreguei o partido nas costas por 48 anos. Temos bons nomes para o cargo, como a senadora Ana Amélia (RS), o Esperidião Amin (SC) e o Francisco Dornelles (RJ), todos corretos e éticos — disse Maluf, que agora dá lições de ética dentro do partido, o que mais tem políticos na lista do STF.

Maluf disse que o fato da maioria dos 40 deputados do PP estarem na lista do STF, enquanto seu nome está fora, prova que, ao contrário do que dizem, ele não é corrupto.

— Nunca tive envolvimento com malfeitos. Todas as acusações que me fizeram eram falsas. Nunca ninguém mostrou prova de nada. Só porque eu fiz muitas obras, diziam que eu tinha levado alguma coisa, mas na verdade eu fiz obras em todas as 645 cidades paulistas e nunca se provou nada contra mim. Sempre fui correto —diz Maluf, que responde a dezenas de ações por corrupção e lavagem de dinheiro.

O deputado diz que sempre se ouviu no PP a informação de que deputados como Pedro Correia, João Pizolatti e José Janene (já falecido) tinham "alguma intimidade" com o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa (um dos delatores do escândalo da Petrobras), que "frequentava a liderança do partido na Câmara".

- Havia um zum-zum-zum do Paulo Roberto Costa com alguns deputados. Mas enquanto eu fui presidente do partido, até 2003, não havia absolutamente nada. Depois o Pedro Correia assumiu o partido, por ter mais intimidade com o PT, eleito para a presidência em 2002, e agora ficamos sabendo do que realmente acontecia através da delação premiada do Paulo Roberto Costa. Acho que tem que investigar tudo com profundidade - disse Maluf, que no passado chegou a ser verbete de dicionário com malufar significando roubar.

Embora defenda que os dirigentes de seu partido sejam afastados, Maluf não acha necessário que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deixem os cargos agora.

— Primeiro é preciso que os inquéritos avancem. Se ficar provado alguma coisa contra eles, aí sim eles precisam ser afastados, mas primeiro temos que ver o que vai dar os inquéritos.

O ex-prefeito de São Paulo disse que o Petrolão só acontece por causa dos elevados custos das campanhas eleitorais a partir de 2002.

— Eu sou do tempo em que isso não existia. Havia contribuições espontâneas. Basta comparar os gastos das campanhas de 1990, 1994 e 1998 com as de 2002, 2006, 2010 e 2014. Agora há uma profusão de contribuições espontâneas entre aspas. Campanhas holiwoodianas. Não é possível que uma empresa doe R$ 100 milhões. São doações suspeitas. É pior do que caixa dois. É toma-lá-dá-cá. As doações vieram num crescendo desde 2002 e viraram um negócio. No meu tempo, campanha se fazia na base da corda vocal, na base do comício —disse o deputado, para quem "o país precisa combater as causas e não as consequências, realizando uma reforma política que acabe com as campanhas milionárias".

Maluf explica porque está na lista dos procurados pela Interpol, podendo ser preso caso deixe o Brasil.

— Eu gostaria que o governo brasileiro fizesse por mim o mesmo tipo de esforço que teve para manter o Cesare Battisti aqui. Esse criminoso, condenado na Itália. Na verdade o que acontece é que os Estados Unidos querem minha oitiva sobre uma acusação falsa. Eu sou brasileiro e quero que a oitiva seja feita por um juiz brasileiro. Eu não viajarei a Nova York para ser ouvido lá. Tenho correspondências que troquei com a Interpol. Então não estou fugindo de nada. Só não quero ter que depor nos Estados Unidos. Até os pilotos do Legacy que mataram 159 passageiros da GOL foram ouvidos pela Justiça americana. Então por que eu tenho que depor lá?

© 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.



Outras Notícias


3/10/2016 - MALUF VOTAMALUF VOTA
Deputado Federal Paulo Maluf (PP-SP), vota neste Domingo dia 02/10 às 9:30 na FESP, 5ª zona eleitoral, Seção 49 na Av. Nove de Julho número 5520, Jardim Europa.
28/6/2016 - Paulo Maluf critica mudança de nome do minhocão.
O deputado federal Paulo Maluf, criticou a sanção da lei municipal, que muda o nome do Elevado Presidente Costa e Silva "minhocão" para presidente João Goulart, sem julgar o governo dos ex-presidentes.
9/6/2016 - PAULO MALUF DESTINA VERBAS PARA RECAPEAMENTO NA CIDADE DE JALES
O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) destinou para a cidade de JALES R$ 245 mil para recapeamento e transportes...
23/5/2016 - Rodovia Ayrton Senna completa 34 anos
A rodovia Ayrton Senna, antiga rodovia do trabalhadores completou no começo deste mês 34 anos da sua inauguração.
6/5/2016 - Atuação do Deputado Paulo Maluf no processo de impeachment é elogiada
A atuação do Deputado Federal Paulo Maluf (PP-SP) no processo de impeachment foi elogiada...
13/4/2016 - Maluf completa 49 anos de vida pública

Paulo Maluf comema hoje 49 anos de vida pública e faz comentário nas redes socias

6/4/2016 - Maluf critica PT por distribuição de Cargos

O governo do PT está usando uma maneira detestável para se manter no poder, maneira totalmente errada, a partir de agora me sinto liberado para votar de acordo com minha consciência.

1/4/2016 - Deputado Paulo Maluf tem semana agitada em Brasília.
Deputado Paulo Maluf (PP-SP) participou de várias audiências em comissões e no plenário da câmara.  Foi saudado por deputados durante sua caminhada para reuniões na casa.
18/1/2016 - MALUF SINALIZA INTERESSE EM CANDIDATURA A PREFEITO DE SP
O ex-prefeito Paulo Maluf sinalizou que pode entrar na corrida pela Prefeitura de São Paulo.
11/11/2015 - Discursso Dep. Paulo Maluf - CCJC 10/11/2015
Eu gostaria de dar um conselho aos Deputados Mineiros e ao Secretário de Estado de Minas e Energia que deve estar em Minas Gerais.
28/10/2015 - Deputado Paulo Maluf destinou 63,49% das emendas para saúde
Saiu hoje na Folha de S. Paulo que a maioria dos deputados destinam pouca verba para saúde, a reportagem está correta porém deveria mostrar os deputados que destinam verbas para saúde.
21/9/2015 - Discurso Proferido no Plenário
O SR. PRESIDENTE (Lucas Vergilio) - Concedo a palavra ao nobre Deputado Paulo Maluf para fazer uso do Grande Expediente. V.Exa. dispõe de 25 minutos...
21/9/2015 - MALUF DEFENDE DILMA, MAS DIZ QUE NÃO VOTA NOVO IMPOSTO SEM CONTRAPARTIDA NO ORÇAMENTO
O deputado federal Paulo Maluf ocupou hoje (15) a tribuna da Câmara e, num pronunciamento contundente, manifestou posição contrária aos que pregam o impeachment da presidenta Dilma.
30/4/2015 - Justiça aprova contas da campanha de Paulo Maluf
A Justiça eleitoral aprovou as contas de campanha do Deputado Federal Paulo Maluf...
23/3/2015 - Vídeo
Youssef diz que Ana Amélia não recebia propina de esquema investigado na Lava Jato ...
10/9/2014 - Candidato a Deputado Federal Paulo Maluf (PP-SP)
Foi recebido com grande entusiasmo pela população de Guarulhos...
2/9/2014 - Maluf segue candidato
Maluf sempre confiou e confia na Justiça
25/8/2014 - Paulo Maluf em plena campanha pela reeleição
O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) continua percorrendo o interior e litoral do Estado de São Paulo na busca...
13/8/2014 -